Traduzir roteiro cinematográfico: Se souvenir des belles choses (2002) de Zabou Breitman

Rafaela Moreira dos Santos, Dennys da Silva Reis

Resumo


Tendo em vista as escassas pesquisas no âmbito da tradução de roteiro, o presente artigo visa discutir e apresentar as dificuldades arroladas no processo de tradução desse aparato cinematográfico, bem como propor um novo olhar para essa desconhecida atividade. Para tal finalidade, apresenta-se tradução do roteiro Se souvenir des belles choses (2002) de Zabou Breitman e algumas reflexões desenvolvidas a partir da análise desta tradução.

 

Palavras-chave: Tradução de roteiro, Roteiro cinematográfico, Prática de Tradução.

 

Abstract

Considering that there has been little research so far in screenplay translation, this article aims to discuss and show the difficulties involved in the translation process of this cinematic apparatus, and propose a new look into this unknown activity. For this purpose, presents a screenplay translation Se souvenir des belles choses by Jean-Claude Deret and Zabou Breitman and some reflections developed from the analysis of this translation.

 

Keywords: Screenplay Translation, Cinema Script, Translation Practice.


Palavras-chave


Tradução de roteiro; Roteiro cinematográfico; Prática de Tradução

Texto completo:

PDF

Referências


BONITZER, P.; CARRIÈRE, J-C. Prática do roteiro cinematográfico. Tradução de Teresa de Almeida. 3. Ed. São Paulo: JSN, 1996.

BREITMAN, Z. Roteiro cinematográfico Se souvenir de belles choses. Disponível em . Acesso em: 19 jan. 2013.

COMPARATO, D. Da criação ao roteiro: teoria e prática. São Paulo: Summus, 2009.

FIELD, S. Manual do Roteiro. Rio de Janeiro: Objetiva, 1994.

KONECSNI, A. C. Tradução para dublagem. Porto Alegre: Simplissimo, 2012.

MOREIRA, R.; TAVARES, P. Traduzindo a sétima arte: O roteiro de “Se souvenir des belles choses. Brasília: (mimeo:UnB),2011. Se souvenir de belles choses. Produção de BREITMAN, Zabou. França: France télévision distribuidora, 2003. DVD (130 min.).

SINNER, C. "Fictional orality in romance novels: between linguistic reality and editorial requirements". In: Jenny Brumme / Anna Espunya (Hrsg.): The Translation of Fictive Dialogue. Amsterdam / New York: Rodopi, 2012.

SOARES, D. Tradução para Dublagem e Legendagem. 2002. Disponível em: . Acesso em 05 fev, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rónai está cadastrada nos seguintes indexadores: DiadorimLivReLatindexEBSCOREDIBMLA