Mitologia e contação de histórias – Scripta manent, uerba uolant

João Victor Leite Melo

Resumo


O presente artigo propõe uma abordagem para os estudos iniciais da mitologia romana sob a perspectiva da oralidade, enfatizando a necessidade de se implementar atividades voltadas para a prática e aprimoramento da fala em público, tanto nas escolas quanto nas academias. Para isso foram escolhidos oito mitos da obra Metamorfoses, de Ovídio, que, por serem breves e de fácil memorização, podem servir para o treino da expressão oral (entonação, dicção), gestualidade e postura corporal, a partir da contação dessas histórias pelos próprios alunos. Para isso, nos baseamos em Dolz e Schneuwly (2004), que defendem a importância da oralidade como objeto de ensino, e em breves técnicas de oratória, sugeridas por Ramos (1971).

 

Palavras-chave: Mitologia; oratória; oralidade; contação de histórias.

 

Abstract

This work defends the relevance of introducing activities about practice and development of public speaking at schools and colleges. For that, eight myths from Ovid’s Metamorphosis were selected, considering how short and easily memorizable they are. These myths may be used to practice oral expression (entonation, diction), gesticulation and corporal posture of students through their own storytelling, employing oratory techniques.

 

Keywords: Mythology; oratory; orality; storytelling.


Palavras-chave


Mitologia; oratória; oralidade; contação de histórias

Texto completo:

PDF

Referências


CATULO. O Livro de Catulo. Tradução comentada dos poemas de Catulo João Ângelo de Oliva Neto. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1996.

KLEIMAN, Ângela B. (Org). Os significados do letramento. São Paulo: Mercado das Letras, 1995.

MARCUSCHI, L. A. Da fala para a escrita : atividades de retextualização. São Paulo: Cortez, 2004.

OLSON, David R. Cultura escrita e oralidade. Rio de Janeiro: Ática, 1995.

ORTEGA, Carmona Alfonso. Oratória : a arte de falar em público. Rio de Janeiro: Calibán, 2003.

OVÍDIO. Metamorfoses. Trad. Paulo Farmhouse. Lisboa: Cotovia, 2010.

RAMOS, Admir. Introdução à Oratória. São Paulo: Editora Radiante S.A, 1971.

SCHNEUWLY, B. e DOLZ, J. Gêneros orais e escritos na escola. São Paulo: Mercado das Letras, 2004.

SISTO, Celso. Textos e pretextos sobre a arte de contar histórias. Belo Horizonte: Aletria, 2012.

STREET, Brian V. Literacy in Theory and Practice. New York: Cambridge University Press, 1984.

TRINGALI, Dante. Introdução à Retórica : a Retórica como crítica literária. São Paulo: Duas Cidades, 1988.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rónai está cadastrada nos seguintes indexadores: DiadorimLivReLatindexEBSCOREDIBMLA