A tradução dos nomes em Harry Potter

Isabella Aparecida Nogueira Leite

Resumo


Este trabalho consiste na discussão de como e porque os nomes, tanto dos personagens como das criaturas em Harry Potter foram traduzidos. Para isso iremos utilizar somente a primeira obra: “Harry Potter e a Pedra Filosofal” de JK Rowling, pois além de ser a primeira obra da saga, é a única que possui dois títulos distintos em inglês. Iremos utilizar também como aporte teórico os artigos de Germana de Souza et al. e de Dalila Lopez que discutem sobre a tradução de nomes próprios. A nossa pesquisa é de cunho quantitativo, sendo feita uma análise de sete quadros contendo 38 nomes e 17 títulos de capítulos.

Palavras-chaves: Harry Potter; tradução; tradução de nomes.

 

 

ABSTRACT: This paper aims to discuss how and why the characters’ names as well as the creature’s names were translated on the Harry Potter book series. To this end we will use the first book of the series: “Harry Potter and the Philosopher’s Stone” by J.K. Rowling, since it is the only one that has two different titles in English, and besides it is the first book. We will also use as a theoretical approach the articles by Germana de Souza et al. and by Dalila Lopez that talks about the first names translation. Our research has a quantitative method and so we are going to analyze eight tables containing 38 names and 17 chapter titles in English and translated.

 

Keywords: Harry Potter; translation; names’ translation.


Palavras-chave


Harry Potter; tradução; tradução de nomes.

Texto completo:

PDF

Referências


DE SOUSA, Germana et al. Escritores tradutores brasileiros e a tradução dos nomes próprios. Translationes, v. 3, n. 1, 2011.

LOPES, Dalila. Sobre a ‘tradução’ou não ‘tradução’de nomes próprios. Polissema: revista de letras do ISCAP, v. 5, p. 106, 2005.

POTTERMORE. Disponível em acesso em 19 jul. 2016

Revista Época Online. Disponível em acesso em 19 jul. 2016

ROWLING, J. K. Harry Potter and the Philosopher’s Stone. London: Bloomsbury, 1997.

ROWLING, J. K. Harry Potter and the Sorcerer’s Stone. New York: Scholastic, 1998.

ROWLING, J. K. Harry Potter e a Pedra Filosofal. Tradução de Lia Wyler. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rónai está cadastrada nos seguintes indexadores: DiadorimLivReLatindexEBSCOREDIBMLA