Revista Rónai

Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Rónai – Revista de Estudos Clássicos e Tradutórios?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

O envio de material para publicação implica na concordância automática com as Políticas Editoriais da Revista Rónai. Serão aceitas apenas contribuições que estejam de acordo com as diretrizes e condições relacionadas abaixo.

Extensão dos trabalhos

Os artigos científicos e as traduções técnicas deverão ter de 10 (dez) a 15 (quinze) páginas, contando os elementos pós-textuais. As resenhas deverão ter entre 3 (três) e 5 (cinco) páginas, também contando os elementos pós-textuais. Traduções criativas e entrevistas não têm limitação de número de páginas.

Método de submissão

A partir do vol. 3 n. 2, os envios passaram a ser realizados exclusivamente por meio da plataforma SEER. Assim, antes de apresentar trabalhos para avaliação e possível publicação, é necessário cadastrar-se como autor no sistema da revista. Para fazer seu cadastro, clique aqui ronai.ufjf.emnuvens.com.br/ronai/user/register.

Depois de se cadastrar como autor e fazer login, você deverá acessar a sua Página do usuário, escolher a função de Autor e seguir o link CLIQUE AQUI para iniciar os cinco passos do processo de submissão. Cada um dos cinco passos traz explicações detalhadas para o envio de todas as informações e arquivos que integram uma submissão. Para assistir a um tutorial em vídeo sobre envio de trabalho no SEER (10 min de duração), clique aqui.

Padrões de formatação

Os trabalhos enviados (artigos, entrevistas, traduções ou resenhas) devem atender às seguintes orientações:

a)    Arquivo em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.

b)    Papel tamanho A4.

c)    Margens esquerda e direita: 3,0 cm.

d)    Margens superior e inferior: 2,5 cm.

e)    Sem numeração de páginas. 

 Os textos deverão ser formatados com os seguinte itens:

1)    Título na primeira linha, centralizado, em negrito, fonte Times New Roman, corpo 12, somente primeira letra em maiúscula.

2)    3 (três) linhas em branco.

3)    Resumo (obrigatório para artigos, opcional para os demais tipos de contribuição): palavra RESUMO em caixa alta, seguida de dois pontos; texto redigido em parágrafo único, espaço simples, justificado, fonte Times New Roman, corpo 12. Deve ter no mínimo de 4 (quatro) a 7 (sete) linhas e conter, obrigatoriamente (no caso de artigos), os seguintes elementos:

  • objetivo do estudo,
  • aporte teórico/metodologia adotada,
  • síntese dos resultados.

4)    2 (duas) linhas em branco.

5)    Palavras-chave (obrigatórias para artigos, opcionais para os demais tipos de contribuição), em número de 3 (três) a 5 (cinco). Colocar o termo “Palavras-chave”, em caixa baixa, primeira letra em maiúscula, e as palavras-chave propriamente ditas em caixa baixa, separadas das demais por ponto e vírgula. Fonte Times New Roman, corpo 10. Obs.: as palavras-chave são de extrema importância no processo de indexação do artigo em bases de dados nacionais e internacionais, portanto, a escolha adequada é fundamental.

6)    2 (duas) linhas em branco.

7)    Abstract/Resumée: em língua inglesa ou francesa, com as mesmas especificações e configurações do resumo.

8)    2 (duas) linhas em branco.

9)    Keywords/Mots-clés: em língua inglesa ou francesa, com as mesmas especificações e configurações das palavras-chave.

10)  Corpo do texto: fonte Times New Roman, corpo 12, alinhamento justificado ao longo de todo o texto. Espaçamento: 1,5 cm entre linhas e parágrafos, duplo entre partes do texto (tabelas, ilustrações, citações em destaque, seções etc.); parágrafos com recuo de 1,25 cm.

11) Citações de até 3 (três) linhas devem vir entre aspas duplas no corpo do texto, fonte Times New Roman corpo 12. Maiores do que 3 (três) linhas seguem em destaque, na seguinte formatação: fonte Times New Roman corpo 12, em espaço simples, com recuo de 2,5 cm à esquerda para toda a citação.

12) Citações em latim deverão estar sempre em itálico, sem aspas, utilizando-se sempre u e V (e não v e U), a menos em citações latinas modernas, como, por exemplo, de expressões cristalizadas e de comentadores tardios (como curriculum vitae). Citações em grego deverão ser redigidas sem itálico ou aspas, com a fonte New Athena Unicode, preconizada pela American Philological Association e disponível aqui.  Podem ser usados iota subscrito ou iota adscrito desde que de maneira uniforme ao longo de todo o trabalho. Nos trabalhos em português, a eventual transliteração de palavras e expressões gregas deve seguir as normas adotadas pela Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, no documento disponível aqui.  Outras línguas podem seguir outros sistemas, desde que de forma coerente  (e.g. Boeotia e Dicaearchus ouBoiotia e Dikaiarkhos).

13) As referências deverão ser indicadas entre parênteses, como no exemplo: (COSTA, 2003, pp. 1-10). No caso de obras cuja primeira publicação distar de mais de vinte anos em relação à edição utilizada na elaboração do trabalho, o autor deverá indicar as duas datas da seguinte maneira: (SAUSSURE, 2000 [1916]). No caso de citações de textos clássicos, em relação às fontes, deverão ser observadas as normas descritas no item acima, e, em relação à referência, deverá ser seguida a convenção usual da área, com o nome aportuguesado do autor, seguido da abreviatura consagrada pelos dicionários em língua portuguesa, em itálico, com indicações de capítulo e versos ou parágrafos (VIRGÍLIO, En. I, 31-38).

14)  Notas de rodapé: somente explicativas e/ou contendo o texto original das traduções realizadas no corpo do trabalho. Deverão ser colocadas na mesma página, numeradas em algarismos arábicos e apresentar fonte Times New Roman, corpo 10, e alinhamento justificado, sem espaçamento entre notas e espaço simples dentro da nota.

15)  Títulos e subtítulos das seções: em numeração arábica, sem recuo de parágrafo, em negrito, com maiúscula somente para a primeira palavra da seção. Usar o sistema “número seguido de ponto final” (Exemplo: 1.1. A construção dos sentidos). Não numerar Introdução, Conclusão, Referências e elementos pós-textuais.

16)  Elementos ilustrativos: tabelas, figuras, fotos etc. devem ser inseridas no texto, logo após serem citadas, contendo título e a fonte dos dados (quando pertinente) em sua parte inferior, centralizados, em fonte Times New Roman, corpo 10, numeradas sequencialmente.

17)  ABSTRACT/RESUMÉ/KEYWORDS/MOT-CLÉS: Título, resumo e palavras-chave em língua diferente da utilizada para a redação do artigo científico, escolhida entre as citadas no item 4, obedecendo às mesmas normas das versões na língua original, colocados logo após o término do artigo e antes das referências.

18) Referências: seguir normas atuais da ABNT, espaçamento simples, alinhamento justificado, com espaçamento duplo entre as referências. Vide exemplos de referências no item 15.

Obs. 1: As resenhas devem trazer, na mesma posição do item 3 acima, a referência da obra resenhada, com margens justificadas, fonte Times New Roman 12, seguindo as normas da ABNT. Por exemplo:

DELISLE, J., WOODSWORTH, J. (eds.). Translators through history. Amsterdam: John Benjamins, 1995.

Obs. 2: O texto da resenha não deve conter subdivisões.

Obs. 3: As traduções podem vir precedidas por uma introdução ou estudo. Nesse caso, podem incluir também um Resumo/Abstract.

Obs. 4: Nas traduções, as notas de rodapé do autor do original: deverão ser identificadas como NA, colocadas na mesma página, numeradas em algarismos arábicos e apresentar fonte Times New Roman, corpo 10, e alinhamento justificado, sem espaçamento entre notas e espaço simples dentro da nota. Em se tratando de notas do tradutor, deverão ser identificadas como NT e seguir as indicações feitas com relação às notas do autor.

 Exemplos de referências

1) Artigos de periódicos

ANTELO, R. A aporia da leitura. Ipotesi: Revista de Estudos Literários, Juiz de Fora, v. 7, n.1, p. 31-45, jan./jun. 2003.  II –

2) Livros

VASCONCELLOS, P. S. Efeitos intertextuais na Eneida de Virgílio. São Paulo: Humanitas, 2001.

3) Capítulos de livros

BENJAMIN, W.  A tarefa-renúncia do tradutor.  Trad. Susana Kampff Lages.  In: HEIDERMANN, Werner (org.).  Clássicos da teoria da tradução.  Florianópolis: UFSC, Núcleo de Tradução, 2001.  p. 188-215.

AUERBACH, E.  A cicatriz de Ulisses.  In: —. Mimesis: a representação da realidade na literatura ocidental.  4. ed.  São Paulo: Perspectiva, 1998.  p. 1-20.

4) Monografias, dissertações e teses

FAGUNDES, J. S. Tenda dos Milagres/Tent of Miracles: a tradução como um processo de mediação cultural.  74f. Monografia (Bacharelado em Letras: Ênfase em Tradução – Inglês) – Departamento de Letras Estrangeiras Modernas,  Universidade Federal de Juiz de Fora. Juiz de Fora, 2001.

CAMPOS, G. C.  For Whom the Bell Tolls, de Ernest Hemingway, e suas traduções no contexto brasileiro. 190f. Dissertação (Mestrado em Letras: Teoria da Literatura) – Faculdade de Letras, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2004.

5) Congresso, Conferências, Encontros e outros eventos

CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ESTUDOS CLÁSSICOS, 19, 2011, Rio de Janeiro. , 1, 1985, Belém. Anais… Rio de Janeiro: SBEC, 2011. Disponível em: www.classica.org.br. Acesso em: 14 mai. 2011.

6) Documentos eletrônicos

BERNARDO,  F.  A ética da hospitalidade, segundo J. Derrida, ou o porvir do cosmopolitismo por vir: a propósito das cidades-refúgio, re-inventar a cidadania(II). Disponível em: http://www.uc.pt/fluc/dfci/publicacoes/aeticadahospitalidadeII. Acesso em: 14 jun. 2010.

7) CD-ROM

KOOGAN, A.; HOUASSIS, A. (Ed.) Enciclopédia e dicionário digital 98. Direção geral de André Koogan Breikman. São Paulo: Delta: Estadão, 1998. 5 CD-ROM. Produzida por Videolar Multimídia.

Transferência de documentos suplementares

Os seguintes arquivos deverão ser enviados, separadamente, no passo número quatro do procedimento de submissão.

1)    Formulário de anuência do orientador, se aplicável, devidamente preenchido e assinado, conforme o modelo disponível aqui.

2)    Para traduções técnicas e literárias, os textos-fonte para fins de avaliação comparada, e, no caso de poemas, ou a critério do editor, para a publicação bilíngue. Nos demais tipos de contribuição, as citações traduzidas devem trazer os respectivos textos originais em notas de rodapé.

3)    No caso de traduções, para os textos-fonte que não estejam em domínio público, será também requerida a cessão de direitos autorais nos termos vigentes em lei, que a ser obtida pelos tradutores junto aos autores/editores.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  2. O trabalho possui número de páginas dentro dos limites estabelecidos nas Diretrizes para autores.
  3. Os dados do(s) autor(es) (nome, e-mail, vínculo institucional) foram corretamente preenchidos durante o registro.
  4. O texto está adequado a todos os Padrões de formatação aplicáveis ao trabalho, conforme descritos nas Diretrizes para autores.
  5. Os arquivos suplementares, caso indicados como necessários nas Diretrizes para autores, foram corretamente preparados e estão prontos para envio.
  6. A identificação de autoria foi removida do texto e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista na avaliação por pares, conforme instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega.
 

Declaração de Direito Autoral

Direitos Autorais
Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

a. Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Creative Commons Attribution License 4.0, que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

b. Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Isenção editorial
O conteúdo dos artigos publicados é de inteira responsabilidade de seus autores, não representando a posição oficial da Rónai - Revista de Estudos Clássicos e Literários ou do Faculdade de Letras da Universidade Federal de Juiz de Fora ou das instituições parceiras.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.